quarta-feira, 22 de setembro de 2010



Estou me sentindo tão aliviada e tranquila, uma paz imensa invadiu o meu interior e eu não paro de sorrir. E sorrio porque o frio é uma delícia, porque a minha alma decidiu que sofrer é uma idiotisse, porque há muitas árvores na minha rua, porque meu coração está cicatrizando, sorrio porque sorrir é bom e eu tenho dentes lindos hahah, sorrio porque a vida é uma só e não compensa passar por ela só chorando.












Mas nem venha entrar na minha vida se suas intenções forem ruins, porque eu já sofri demais por quem nunca sofreu por mim, e chega disso. Mas se forem boas, então pode invadir meu coração, o que eu mais quero é um novo amor.

terça-feira, 21 de setembro de 2010


Sem duvidas, o filme da minha vida, o que mais me toco na verdade. Quem me conhece sabe o quanto eu sou louca por dramas que envolvem romance, ou sem romance, eu adoro fazer um drama.  O filme é super depressivo mas muito bom e tocante, recomendo quando for assistir estar preparada, pois é uma história de decadência humana, eu quando assisti pela primeira vez fiquei mal uns dois dias, é um soco no estômago. Mostra também o lado negro do mundo da moda. E...(suspiro) eu sou louca por essa mulher!

sábado, 11 de setembro de 2010

Eu precisava de um tempo para mim mesma, para refletir sobre velhos conceitos, adquirir novos. Tempo para me recompor, para sair do banco de reserva do meu coração e voltar a ser o meu único amor. Reencontrar-me não me tirou aquela sensação de meia pessoa, infelizmente, mas me deu força para continuar remando - Dessa vez só por mim.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010


Eu gostaria que soubesse que por muito tempo eu senti saudade. De uns carinhos, de umas palavras confortáveis, de puxões de cabelo e talvez até de um sexo inesperado. E que eu demorei muito, mas felizmente consegui enxergar você como só outra mulher que tumultuou o meu coração, a minha vida. Agora, você é só mais um som do passado, mais um barulho que já passou.

terça-feira, 7 de setembro de 2010


De vez em quando, eu ainda procuro-te no que antes significava nós duas. Mas não encontro, não por inteiro. Encontro migalhas, porém não as quero. Para mim é oito ou oitenta, então ou você se entrega totalmente ou então vá para o inferno com essas suas migalhas, porque elas não me serviriam para nada.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010


"A vida não é complicada, na verdade, ela é até simples demais. Nós que a complicamos, nós e esses amores que a gente encontra pelo caminho."
Pensando melhor, continuavam sem saber, fazia muitos anos, se a realidade seria mesmo meio mágica ou apenas levemente paranóica, dependendo da disposição de cada um para escarafunchar a ferida.

E recomeçar é doloroso. Faz-se necessário investigar novas verdades, adequar novos valores e conceitos. Não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência. É por isso que me esquivo e deslizo por entre as chamas do pequeno fogo, porque elas queimam - e queimar também destrói.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010


Eu realmente quero saber, amor
E tudo o que eu quero dizer eu não consigo explicar
É de amor que preciso
Mas minha alma terá de esperar até eu me recuperar